Centro de Política e Economia do Setor Público

O CEPESP -Centro Política e Economia do Setor Público, busca coordenar as pesquisas relacionadas ao Setor Público das Escolas de Administração e Economia da Fundação Getulio Vargas em São Paulo. A criação do centro no segundo semestre de 2004 partiu da observação de que há uma escassez de estudos sobre o setor público com um embasamento nos conceitos e métodos da Economia e da Ciência Política. Assim, a principal missão do CEPESP é incentivar a utilização desses conceitos e métodos nas análises de setor público. O incentivo se dá através dos cursos de Mestrado e Doutorado em Políticas Públicas e Governo, realizando pesquisas no tema e atraindo outros pesquisadores para essa área de estudos.

As pesquisas têm sido financiadas por órgãos de fomento como a Fapesp e o GV Pesquisa; órgãos públicos como a Secretaria dos Transportes ou a Empresa Municipal de Urbanismo (EMURB); e instituições internacionais como o Banco Mundial e o BID. As pesquisas respondem a questões específicas dos financiadores que estejam de acordo com a agenda de pesquisa do CEPESP. A interação com os órgãos públicos é fundamental para compatibilizar a agenda de pesquisa com a agenda política. Atualmente o CEPESP conta com 8 computadores, 10 assistentes, 8 pesquisadores associados e 3 pesquisadores colaboradores.


Atividades

1) Economia Política e Instituições

2) Avaliação, análise e desenho de Políticas Públicas

3) Tributação, Gastos Públicos e Externalidades.


Pessoas

André Portela de Souza
Carlos Pereira
Ciro Biderman
Enlinson Mattos
Fabiana Rocha (FEA/USP)
George Avelino
Nelson Marconi
Paulo Arvate
Verônica Orellano
Vladimir Ponczek

Pesquisadores Colaboradores

Cláudio Lucinda
David S. Brown (University of Colorado)
Fernando Abrucio
Fernando Filgueiras (Universidad de La Republica del Uruguay)
Octavio Amorim Neto (FGV-EPGE)
Vladimir Kuhl Teles


Contato

Rua Itapeva, 474 - 12° andar
01332-000 - São Paulo - SP
tel. 11-3799-3244
e-mail: andreia.silva@fgv.br


Publicações

As pesquisas têm sido financiadas por órgãos de fomento como a Fapesp e o GV Pesquisa; órgãos públicos como a Secretaria dos Transportes ou a Empresa Municipal de Urbanismo (EMURB); e instituições internacionais como o Banco Mundial e o BID. As pesquisas respondem a questões específicas dos financiadores que estejam de acordo com a agenda de pesquisa do CEPESP. A interação com os órgãos públicos é fundamental para compatibilizar a agenda de pesquisa com a agenda política.

Atualmente o CEPESP conta com 8 computadores, 10 assistentes, 8 pesquisadores associados e 3 pesquisadores colaboradores


Últimas Publicações